Livros para Ovelhas Negras

Pessoas que criam experiências fantásticas em lugares inusitados, valorizando os espaços das cidades e demonstrando a inovação como algo além do mainstream... Como vivem, do que se alimentam, o que leem? Hoje, no ~Globo Repórter~ digo, Blog do ELEVANTE.

 
joao_ramos_e_wayner_bechelli-1678407.jpg
 

Wayner Bechelli e João Ramos são os fundadores do  Black Sheep Project, um hub que reúne soluções em inovação criativa. Salas de reuniões, salas de aula, auditórios tradicionais? Nem pensar! Os palcos dos debates propostos precisam ser tão inovadores quanto às temáticas. Como o BS Festival que rolou em Agosto (você pode conferir como foi o evento aqui) e o BS Sunset, que acontecerá neste sábado (25/11) em Porto Alegre, discutindo Inteligência Artificial e Criatividade Humana a bordo de um catamarã.

 
BlackSheep.jpg
 

Além da curadoria minuciosa de conteúdo, o BS aposta em boas oportunidades para interação: música, gastronomia, cerveja, games e tudo que contribua para um ambiente estimulante podem fazer parte do universo ovelha negra. Os eventos têm fomentado novos negócios, parcerias e amizades em Porto Alegre -  só que de verdade, sem papo de networking entrega-cartão que não vira em nada. Genial né? Mas o que inspira esses caras a implementarem iniciativas como estas?

Com a colaboração dos parceirões João e Wayner, disponibilizamos uma lista de excelentes livros indicados para quem quer sair da zona de conforto e pensar como uma ovelha negra da inovação.

 

João Ramos recomenda de olhos fechados:

 
homo.jpg
 

Estou lendo nesse momento. Recomendo em decorrência do Harari ter uma visão muito singular a respeito do futuro da humanidade, ou mesmo da pós-humanidade (não é mesmo?). Um olhar muito convincente em decorrência de sua lógica estar baseada, fundamentalmente, nas características da evolução da história do mundo. Ou seja, ele desenha o futuro com olhos nas características do presente e do passado e isso dá consistência. Vislumbrar que inteligência será desacoplada da consciência, coloca as discussões sobre o futuro em um nível que nos dá uma nova perspectiva sobre tudo. Leitura fundamental para qualquer um que queira ter uma visão original sobre o futuro.

Wayner indicou este livro ao João e acrescenta: "Para degustar com calma, com tempo (e uma boa cerveja). Harari te joga uma intensidade de informações que abrem a cabeça de maneira estrondosa na construção histórica do seres humanos, vislumbrando a partir de ideias, fatos e sinais que nos levam a acreditar que o mundo está para atingir uma nova raça, na qual leva o nome do livro. Altamente viciante e com muitos insights e curiosidades da nossa trajetória como por enquanto, hoje Homo Sapiens."

  • Sociedade com Custo Marginal Zero, de Jeremy Rifkin.

 
sociedade.jpg
 

Um baita livro que ensaia a superação do capitalismo - não por uma nova ideologia socialista ou comunista - mas sim em decorrência da própria evolução tecnológica. Segundo o autor, internet das coisas, AI, novas fontes de energia limpa e outras expressões tecnológicas, permitirão que alcancemos uma eficiência de produção que levará os produtos a custos praticamente zero. Como consequência teríamos, em substituição a essa grande "religião" chamada capitalismo, um sistema global de compartilhamento, muito mais baseado em confiança e reputação do que em dinheiro. Já imaginou um mundo onde seus skills e sua reputação fossem mais importantes do que seu dinheiro? É no mínimo excitante vislumbrar um cenário assim. Seria o mantra do acesso substituindo totalmente o conceito de posse.

 
economia.jpeg
 

Um livro muito foda para quem quer aprender a usar a inovação da mesma forma que hackers, gangsters, piratas e outsiders usam em seu dia-a dia. Se engana quem pensa que essa obra é uma apologia ao crime.  Muito pelo contrário. A autora mostra como esses caras (fora da lei) usam conceitos de inovação de uma maneira intuitiva, perspicaz e mais eficiente do que as próprias corporações, trazendo insights muito poderosos para executivos, empreendedores etc. Ela usa inclusive exemplos de hackers que empreendem em ações sociais incríveis, burlando sistemas burocráticos e lentos para agilizar processos de melhoria na sociedade. Um livro fundamental para quem quer misturar rebeldia, ativismo e conhecimento sobre o universo da inovação para fazer a diferença no mundo.

 
sapiens.jpg
 

 

Waynner Bechelli indica:

  • O Viés Otimista  - Tali Sharot

 
vies.jpg
 

Para o domingo de bobeira.
A Tali é Doutora em psicologia e neurociência pela New York University, pesquisadora da University College London e palestrante do circuito Ted Talks. É um livro que te faz pensar sobre diversos vícios de atitudes que tomamos durante nossas vidas e que acabamos por elevar demasiadamente expectativas em cima de resultados, as vezes acertadamente e outras vezes pegos por um viés otimista que nos cega. Ela mostra o quanto isso é importante (apesar de as vezes errado) para a humanidade e que tecnicamente a evolução utiliza esse artificio como ingrediente.

  • Bônus: o Ted da Tali

 
 
  • The Dip - Seth Godin

 
the dip.jpg
 

Para ler antes de dormir.
A little book that teaches you when to quit (and when to stick). É assinatura e melhor definição sobre o que aprender nesse pequeno livro, leve, fácil, interessante e reflexivo.

  • Código Cultural: Por que somos tão diferentes na forma de viver, amar, e comprar?, de Clotaire Rapaille

 
código.jpg
 

Para ler durante com curiosidade durante uma longa viagem.
Clotaire trabalhou por séculos como pesquisador de diversas grandes empresas americanas e nesse livro ele nos conta um pouco sobre diversos comportamentos característicos dentro de culturas do mundo. Ele criou códigos culturais para facilitar essa identificação curiosa de fatos que nos fazem tão humanos, ou seja, tão iguais e diferentes na maneira de ser e consumir.

  • Por que fazemos o que fazemos?, de Mário Sérgio Cortella

 
porque fazemos.png
 

Para ler durante uma viagem mais curta.
Livro rápido e que também reflete sobre comportamento. Já deu pra notar que como publicitário eu amo estudos a respeito de comportamentos, né? O Cortella tem uma facilidade muito grande de reflexão, repassando fatos comuns do dia a dia que não paramos para pensar. Muito do que ele diz é clichê e alguns dos pontos forçam a barra. Mas o saldo do livro é positivo.


Posfácio 

Você também ficou com vontade de colocar esses livros no carrinho imediatamente ou descobrir qual é o brother mais próximo que possa emprestar?

BS Sunset

 
Catamarã.jpg
 

E pra completar a surra de dicas: amanhã a partir de 12:30 rola o BS SUNSET e toda essa vibe, no cais do porto, com palestras dentro do Catamarã da Catsul e a gente tem desconto de 25% pra você. Basta inserir o código ELEVANTE25 na hora da inscrição neste link aqui!

 
bs-sunset.png
 

Renan Schwarz do Chapolin Sincero, Cleber Paradela da Sunset Comunicação e o ELEVANTE que vos escreve apresentarão os speeches debatendo o tema Inteligência Artificial x Criatividade Humana. Foodbikes, DJs, Eisenbahn, Batalha da Playlist Perfeita com a Claro Música e outras surpresinhas completam a experiência.

Nos vemos amanhã!

 
Marilia Silveira